Top Ad 728x90

segunda-feira, 3 de maio de 2021

,

Governo começa a distribuir 500 mil vacinas da Pfizer aos estados

O Ministério da Saúde começou nesta segunda-feira, 3, a distribuição de 499.590 doses da vacina contra Covid-19 da Pfizer-BioNTech aos estados e ao Distrito Federal. O quantitativo é equivalente à metade do primeiro lote que chegou ao Brasil na última quinta-feira, 29, e será destinado apenas à aplicação da primeira dose. A pasta recomenda que o fármaco da Pfizer seja destinado à imunização de pessoas com comorbidades, gestantes e puérperas, e pessoas com deficiência permanente. Mas a decisão final cabe aos estados e municípios. Devido às necessidades especiais de armazenamento do imunizante, o volume de vacinas restante, que será usado para aplicação da segunda dose, será enviado nas próximas semanas. A vacina da Pfizer precisa ficar armazenada a -75ºC. No Centro de Distribuição do Ministério da Saúde, em Guarulhos, as doses estão armazenadas a uma temperatura de -90 graus Celsius (°C) a -60°C.
Ao serem enviados aos estados, os imunizantes ficam a uma temperatura de -20ºC. Eles podem permanecer assim por até 15 dias, segundo autorização da Anvisa. Já nas salas de vacinação, onde a temperatura de refrigeração varia de 2ºC a 8ºC, a vida útil das vacinas é de apenas 5 dias. "Em função disso, o Ministério da Saúde orienta que, neste momento, a vacinação com o imunizante da Pfizer seja realizada apenas em unidades de saúde das 27 capitais brasileiras, de forma a evitar prejuízos na vacinação e garantir o esquema vacinas de 12 semanas entre uma dose e outra", diz a pasta em comunicado. Entretanto, o intervalo aprovado pela Anvisa entre a doses é de apenas 21 dias. Em nota técnica, o Ministério da Saúde diz que a orientação para aumentar o intervalo entre as doses foi baseada em estudos feitos no Reino Unido. "Esta recomendação considerou que a vacinação do maior número possível de pessoas com a primeira dose traria maiores benefícios do ponto de vista de saúde pública, considerando a necessidade de uma resposta rápida frente a pandemia de Covid-19", diz a pasta. Confira abaixo a quantidade de doses de vacina da Pfizer enviada a cada estado e ao Distrito Federal. A divisão foi feita de forma proporcional e igualitária. Rondônia: 3.510 Acre: 1.170 Amazonas: 5.850 Roraima: 1.170 Pará: 14.040 Amapá: 1.170 Tocantins: 3.510 Maranhão: 10.530 Piauí: 5.850 Ceará: 17.550 Rio Grande do Norte: 7.020 Paraíba: 8.190 Pernambuco: 17.550 Alagoas: 7.020 Sergipe: 4.680 Bahia: 26.910 Minas Gerais: 50.310 Espírito Santo: 10.530 Rio de Janeiro: 46.800 São Paulo: 135.720 Paraná: 32.760 Santa Catarina: 17.550 Rio Grande do Sul: 32.760 Mato Grosso do Sul: 7.020 Mato Grosso: 7.020 Goiás: 17.550 Distrito Federal: 5.850 Com Agência Brasil Por:Giulia Vidale

Top Ad 728x90

RECENTS